Multilang

sábado, 20 de dezembro de 2014

Cultivo da Pimenta Biquinho




            A popularização do consumo de pimenta doce, como a biquinho – principalmente utilizada em forma de conservas - e a Cambuci é mais recente, antes apenas a pimenta doce italiana verde era encontrada no mercado, substituto do pimentão em alguns pratos. 


Figura 1 – Pimenta biquinho vermelha.



Figura 2 – Pimenta biquinho amarela.
            As pimentas e o pimentões são ricos em vitaminas. Muitos acreditam que as pimentas são afrodisíacos, inclusive as pimentas doce.
O problema é que essas hortaliças estão entre as mais contaminadas com defensivos agrícolas, por serem suscetíveis a pragas, muito comum na família das Solanaceae.
            Para quem não dispõe de muito espaço, o plantio da pimenta biquinho pode ser feito em vasos de 5, 10, 20 litros ou ainda volumes maiores, quanto maior o vaso maior o desenvolvimento da planta e mais farta é a colheita.
            Vamos ao cultivo da pimenta biquinho, na horta caseira:


1.      Mudas:


1.1.            Obtenção de mudas com plantio de sementes:

Recomenda-se iniciar o cultivo da pimenta biquinho plantando as sementes em vasilhames pequenos, como copos plásticos de 150 ou 200 ml.

Figura 3 – Plantio da semente em copo.
Copos com 4 furos no fundo, podendo ter um rasgo lateral no fundo de 1 cm, acrescentado 2 cm de areia e por cima terra, até atingir 2/3 da altura do copo, onde são colocadas 3 sementes e cobertas com mais 1 cm de terra. Soque a areia e depois a terra antes de colocar as sementes.
Regue e coloque o copo inicialmente em local protegido e a meia sombra.

Figura 4 – Início da germinação das sementes.
Depois de uma semana de plantio das sementes, pode ocorrer as germinações das sementes, podendo ser colocados em local ensolarado, senão a muda fica muito delgada.

Figura 5 – Replantio da muda em local definitivo.
Passados 19 dias de plantio das sementes, a planta pode ser levada ao local definitivo, no caso uma jardineira de 40 litros.


Figura 6 – Desenvolvimento das mudas.
Depois de 6 dias de replantio, com as plantas vigorosas, podem ser eliminadas 2 plantas.


1.2.            Obtenção de mudas através de ramos da planta:


É possível multiplicar uma planta sadia e produtiva, através dos ramos da planta. Após a colheita da 1ª carga de frutos, poderão ser retirados alguns ramos para obter as mudas.

Figura 7 – Ramos para muda.

Ramos de 3 a 5 cm de comprimento, retirados dos galhos mais carregados de ramos.
Na parte inferior do ramo são retiradas as folhas de 2 a 3 nós.
Figura 8 – Preparo para enraizamento.
Os ramos são enfiados em cubos de espuma fenólica, de aproximadamente 2,5 x 2,5 x 2,5 medidas em cm.

Figura 9 – Ramos em copos para enraizamento.
Colocados em copo plástico de 200 ml, com um rasgo a 2,5 cm do fundo, para que a muda não se afogue e facilite a drenagem da água de rega.
Interessante renovar/completar a água do copo a cada 3 dias.

Figura 10 – Vista do enraizamento do ramo.
Após 32 dias de cortado e colocado para enraizar o ramo. É possível que em menos de 20 dias a muda estaria pronta para replantio.
Ocorreu a perda de algumas folhas inferiores e as folhas remanescentes estavam infestadas de sugadores, como o pulgão, que foram maceradas manualmente. Os sugadores poderiam ser retirados com o auxílio de um pincel ou um pedaço de guardanapo.

Figura 11 – Replantio em copo com terra.
Copo preparado como descrito no item 1.1, colocando uma primeira porção de terra e socando para acomodar a muda com a espuma fenólica, de modo que o topo da espuma não ultrapasse o topo do copo, quando completar o copo com terra lateralmente da muda.
A muda já poderia ser replantada em local definitivo. Mas a vantagem da transição no copo é que depois que as mudas começam a se desenvolver, poderão ser escolhidas as mais sadias para o replantio definitivo, ainda as mudas que não forem utilizadas poderão substituir eventual perdas ou defasar o plantio.

Figura 12 – Replantio da muda em local definitivo.
Depois de 62 dias de colocar o ramo para enraizamento ou 30 dias do plantio com terra no copo.

Figura 13 – Desenvolvimento da planta.
Depois de 26 dias do replantio definitivo.
No exemplo apresentado verificamos que não houve ganho de tempo em relação a obtenção de mudas por sementes.
Se a muda enraizada fosse plantada em local definitivo, haveria um ganho de 40 dias.


2.    Floração e desenvolvimento dos frutos da muda obtida por semente:
Figura 14 – Floração.

Depois de 30 a 40 dias do replantio, a planta inicia a floração.

Figura 15 – Frutificação.
Depois de 74 dias de replantio, inicia-se a maturação dos frutos.


3.      Colheita da muda obtida por semente:

Figura 16 – Maturação dos frutos.
Depois de 90 dias de replantio, pode ser iniciada a colheita.
A planta estava com 40 cm de altura.


Figura 17 - Colheita.
Os frutos são colhidos juntamente com os talos.
No caso foram colhidos todos frutos desenvolvidos de uma vez, os frutos verdes dão ótima conserva e a conserva com a coloração vermelha e verde dá um bom visual.
O importante é que a pimenta não fique muito madura, pois a semente fica endurecida, para fazer conserva, pois a pimenta é colocada inteira.


4.      Preparo do vaso ou jardineira:
A terra utilizada para o cultivo da pimenta pode ser comprada em casas especializadas em produtos agrícolas.
Se for preparar a terra em casa, adicione adubo orgânico, em proporção no mínimo de 70% de terra e 30 % de adubo orgânico em volume, mais NPK e calcário, para esses dois últimos produtos seguir as recomendações do fabricante.
Se for reaproveitar terra utilizada em outra cultura anterior, pode ser seguido o item anterior, mas depois de feita a mistura, regue com água e deixe a terra descansar, pelo menos por um mês.
Antes de receber a terra, os vasos ou as jardineiras devem ter seus furos para drenagem cobertos com telas de nylon e adicionar 2 cm de areia de granulometria média ou grossa. A areia deve ser socada para ficar compactada no fundo do vaso.


5.      Adubação complementar:
Após concluída a colheita, faça cobertura com terra adubada, do vaso ou da jardineira, em torno de 0,5 litro para cada 10 litros de terra do vaso. Assim a planta emite novos ramos e novas florações mais vigorosas.


6.      Pragas:
Muito comum aparecer sugadores e mosca branca na parte inferior das folhas, que podem ser maceradas, desde a fase de muda. Existem diversos produtos considerados orgânicos para combater essas pragas, tipo calda de fumo, de pimenta + alho, etc.
O controle desde a fase de muda é importante porque não prejudica o desenvolvimento das plantas.

Para o cultivo em vaso, o controle manual pode ser suficiente, desde que a planta seja vistoriada semanalmente, utilizando um pincel para pintura, com ponta chata, cerdas não muito macia, para retirar os sugadores. Pode ser deitado o vaso, com cuidado, para facilitar a retirada dos sugadores.


7.      Cultivo em vasilhames menores:

O cultivo da pimenta biquinho em vasos de 5 litros:

Figura 18 – Pimenta biquinho em vaso de 5 litros, com plantio de sementes.
Pimenta biquinho em vaso de 5 litros, depois de 94 dias do replantio.



Figura 19 – Pimenta biquinho em vaso de 5 litros, planta obtida com mudas de ramos.
Depois de 65 dias do replantio no vaso (Muda da Figura 7).



O cultivo da pimenta biquinho em vasos de 7 litros:
Figura 20 – Início da maturação dos frutos.
1ª carga de frutos, planta com 38 cm de altura, após 77 do plantio no vaso.

Figura 21 - Pimenta Biquinho no vaso de 7 litros
2ª carga de frutos.


Figura 22 - Colheita
Colheita dos frutos da figura anterior, após 16 dias.
Para conserva, os frutos maduros ainda devem estar com as sementes tenras. Se o fruto começar a apresentar trincas, as sementes já podem estar endurecidas.


8.      Dicas:
A ardência da pimenta levada muito a sério que até existe uma escala de ardência (Escala de Scoville)Para quem prefere pimenta doce, na hora de adquirir as sementes, lembramos que existe pimenta biquinho ardida.


Figura 23 - Conserva da pimenta biquinho.

A conserva de pimenta biquinho doce, feita com vinagre com ou sem cachaça, sal e açúcar. Nessa conserva ainda pode ser adicionado o alho, o alecrim, etc. Nas saladas feitas com folhas de alface, rúcula, do almeirão e outras verduras, é comum utilizar bastante sal, que poderia ser substituído com a mistura da conserva (picles) de pimenta biquinho ou Cambuci. A salada vai ficar muito deliciosa.
Colha as pimentas com as hastes (Figura 22) e na hora de preparar a conserva retire as hastes. Faça um pequeno corte, com a ponta de uma faca, na parte onde ficavam as hastes, para o vinagre penetrar bem na pimenta.
Ainda sobre as mudas obtidas através dos ramos de uma planta em cultivo, foi observado nesse método, a planta apresenta desenvolvimento de muitos galhos na parte inferior da planta, ao contrário da planta cultivado através da germinação por sementes. 
  
Figura 24 - Planta de muda originária de ramos (Figura 7). 
Depois de 36 dias do plantio definitivo, de copo para jardineira.
Observar na figura anterior a planta apresenta muitos galhos na parte inferior.
Pode ser feito um raleamento, deixando apenas 2 a 3 galhos saindo da base da planta, inclusive aproveitado alguns ramos para novas mudas.
Com o raleamento a planta deve produzir frutos maiores e diminui a infestação de sugadores na parte inferior da planta, onde é mais difícil eliminá-los.

Exemplo de uma das plantas de pimenta biquinho em jardineira de 40 litros.


Figura 25 - Pimenta biquinho em jardineira de 40 litros.
Planta se desenvolveu muito mais que a apresentada na Figura 16, na mesma jardineira, sendo que as sementes dessas plantas foram adquiridas por fornecedores diferentes.

Essas plantas produzem até o 5º mês após o replantio definitivo em vaso ou jardineira, portanto para manter uma produção continuada, após 45 dias de replantio das plantas anteriores, se faz novo plantio de sementes.

As mudas que são eliminadas, nos procedimentos do item 1.1, Figura 6, se cortadas com uma tesoura limpa, ainda podem se reaproveitadas para novas mudas, bastando seguir os mesmos procedimentos do item 1.2.

102 comentários:

  1. Boa tarde ,gostei da explicação, qual melhor semente da biquinho e onde comprar? abraço.

    ResponderExcluir
  2. Pedro:
    Vc. pode encontrar as sementes da biquinho em casas de produtos agrícolas, floriculturas ou até em supermercados. Não encontrando na sua localidade, tem muitos sites vendendo essas sementes.
    Se pretende cultivar essa pimenta em vasos, basta comprar envelopes de 10 gramas de sementes, observando que existem pimentas biquinhos doces e com ardência.
    Adquirimos pimentas de diversas marcas e todas produziram bem.
    Agradecemos sua participação no blog.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite! Parabéns pela postagem! Vou cultivar uma muda e gostaria de saber como devem ser as regas (quantidade de água e intervalo de dias)? Posso deixá-la no sol e chuva direto ou ela deve ficar abrigada? Obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Maria Rosa:
    Nós cultivamos a pimenta biquinho aqui em Aracaju-SE, tomando sol e chuva. A rega é feita diariamente, no final da tarde. Talvez em local de clima mais ameno, a rega pode ser mais espaçada.
    Se no final do dia, as folhas apresentarem murchas, a quantidade de água utilizada na rega anterior, foi insuficiente.
    Obrigado por acessar o blog.
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela informação Massahiro! Vou seguir essas orientações! Bom trabalho!

    ResponderExcluir
  6. Olá, pode cultivar pimenta biquinho em meia sombra ou ela é sol pleno?.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raissa:
      Já cultivamos a biquinho, em vasos de 5 a 12 litros, embaixo de uma tela de sombrite, com ½ dia de sol, com produção que podemos considerar satisfatória.
      Obrigado pelo acesso ao blog.
      Massahiro.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  7. Olá, parabens pela ajuda às pessoas. Estou plantando o meu pé de biquinho em um vaso, moro em apartamento. Elá ja está com 16 cm. Mas notei que as folhas estão enfraquecendo a coloração. Estão ficando "desbotadas" tendendo para um verde claro limão levemente amarelado. Será que é algum problema? O vaso fica em local claro, recebendo sol direto na manhã por 45 min ao dia aproximadamente.

    ResponderExcluir
  8. Henrique:
    Vamos tentar resolver a situação do pé de biquinho, que pode ser:
    1. Algum tipo de sugador atuando na parte inferior das folhas ou mesmo na base do tronco. Nas folhas basta passar um guardanapo de papel, com cuidado, para eliminar os insetos, mas se ocorrer um tipo de cochonilha, na base do caule, aplique uma pequena quantidade de calda de fumo;
    2. No caso de falta de nutrientes, como sua planta ainda está pequena, coloque por cobertura, no vaso, 1 colher de adubo orgânico ou húmus de minhoca, a cada 15 dias, de preferência na borda do vaso;
    Aqui em casa, as pimentas biquinho recebem pelo menos ½ dia de sol, mas a gente sabe que muitas plantas são cultivadas em estufas, com luz artificial, e apresentam boa produção.
    Mais um lembrete, para quem cultiva plantas no interior do apartamento, o pessoal tem mania de colocar prato embaixo do vaso. Se o prato permanecer cheio de água, prejudica a aeração do vaso e as raízes irão apodrecer.
    Nunca desista.
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pela resposta...
    Vou então tentar deixá-la mais tempo ao sol. Percebia que ela murchava ao ficar muito no sol, mas pode ser por que estava regando dia sim dia não. Vou regar todos os dias.. Acho que vc acertou na questão da adubação... a terra que eu plantei não é muuuito boa. Acho que tem pouca matéria orgânica. Eu tenho Ouro Verde em casa (nitrogenio, fosforo e potássio) poderia usar ele? Ou é melhor eu arranjar humus ou adubo organico ??
    Não consegui visualizar nenhum tipo de parasita na planta, só notei uma pequena pelugem branca semi-transparente por baixo das folhas mais novas... mas não sei se é normal da planta... Algumas raras folhas, estão com um pontinho que me parece ser causado por fungo ( chutei, sou novato em plantas). Tirei uma foto p/ dar uma olhada. https://www.dropbox.com/s/ay32naxdao2y16b/IMG_0250.JPG?dl=0

    ResponderExcluir
  10. Henrique:
    Olhei a foto e parece que a planta está saudável.
    Não tem nenhum problema usar a adubação que Vc citou, observando as recomendações do fabricante. Se for o adubo líquido, deve ser de 15 em 15 dias, se for granulado, uma colher de chá não muito cheia, para vaso com capacidade de 2 litros, a cada mês, ou quando os grãos desapareceram da superfície do vaso.
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  11. Tenho uma muda de pimenta biquinho em casa então entendi porque nasceram algumas bolinhas pretas como se fosse um fruto. Nunca bi esse fruto nascer junto com a pimenta, isso é normal?

    ResponderExcluir
  12. Só conhecemos as pimentas biquinho de cor vermelha e amarela. Popularmente conhecida como biquinho, porque a ponteira do fruto apresenta um afilamento desproporcional. Existem diversas variedades de pimentas que apresentam coloração escura, algumas delas utilizadas como plantas decorativas.
    Sds,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  13. Olá, sou de Aracaju também e estou plantando pimenta biquinho, mas em apartamento. Plantei minhas sementes em um vaso retangular pequeno (12x12x32cm), na parte de fora da janela, onde recebe sol quase o dia inteiro agora no verão. Muitas sementes brotaram no mesmo lugar, e a maior das plantas está com 35cm de altura, todas já estão com pequenos brotos. Agora as dúvidas: devo arrancar as plantas menores e deixar só uma? E depois que produzir frutos, vai voltar a produzir novamente, ou terei que replantar? Caso tenha que replantar tenho que matar a planta original?
    Obrigado pelo post, foi muito esclarecedor! :)

    ResponderExcluir
  14. Danilo:
    Até que enfim mais uma pessoa de Aracaju no blog.
    Como seu vasilhame não é grande, recomendamos deixar apenas 2 plantas, não muito próximas. Geralmente, a biquinho dá 3 ou 4 cargas boas de frutos, então na 3ª carga já providenciar novas mudas. Para iniciar nova cultura a terra tem que ser trocada ou reciclar terra de cultura anterior, em que as raízes já estão decompostas.
    Sds,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  15. Caro Massahiro, tudo bem?

    Para começar a ter um lucro, ainda que pequeno com o plantio de pimentas, independente da qualidade, quantos "pés" deveriam ser plantados?

    Obrigado e parabéns.

    Bráulio.

    ResponderExcluir
  16. Braulio:
    Sobre comercialização da biquinho, infelizmente, não temos condições de ajudá-lo.
    Até 2016, dificilmente a gente encontrava a biquinho no comércio local (Aracaju-SE), mas a partir do final de 2016, estamos observando a venda em forma de conserva, em vasilhames de 250 ml.
    Só para Vc ter uma noção, plantamos 3 pés da biquinho vermelho em uma jardineira de 30 litros, as plantas atingiram 50 cm de altura, tivemos 4 colheitas, totalizando em torno de 2000 ml (500 ml, por colheita somada das 3 plantas), num período de 10 meses.
    Boa Sorte,

    ResponderExcluir
  17. Olá, sou de Aracaju/ Se também. Comprei o pé de pimenta biquinho já grande, com aproximadamente 60cm. Ela fica o dia todo ao sol, tb moro em apartamento. Hoje quando acordei e fui rega-la, estava sem folhas, caíram todas. Isso é normal?

    ResponderExcluir
  18. Olá Mara, que bom saber que também é de Aracaju.
    Não é normal a biquinho perder as folhas de um dia para outro. Cultivamos a biquinho desde set/10, rastreando o histórico, não achamos nenhum caso semelhante. O que faz essa planta perder as folhas é a infestação severa de pulgões ou mosca branca.
    Se o caso de sua planta for falta de água, poderá reparar que nos finais dos dias de sol forte, as folhas tendem a murchar. Nesse caso, com rega normal (aquela que aparece os primeiros pingos de água no fundo do vaso), a planta deve emitir novos brotos.
    Pessoal que vive em apartamento tende a colocar prato embaixo do vaso, se o prato ficar direto com água, vai ocorrer apodrecimento das raízes, devido falta de aeração do vaso.
    A pior hipótese seria infestação de alguma praga nas raízes, daí a planta tem que ser substituída. A biquinho é bastante resistente, mesmo a falta ou excesso de água, ainda ataque de sugadores, se tratada, a planta volta a recuperar.
    Sds,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  19. Massahiro, replantei as minhas mudinhas.

    Todas estão bem saudáveis, menos uma. Essa em especifico, replantei em um "pote de sorvete" com varios furos embaixo, pois doarei p/ um conhecido.

    Porém, plantei duas em tal pote.
    Já faz 10 dias do replantio,
    uma delas está muito bem... ja conseguiu se recuperar.. esta com 15 cm e folhas bem verdes e grandes.
    Mas a que coloquei do lado, no mesmo pote, perdeu todas as folhas antigas e brotaram algumas novas. Mas as novas, apesar de bem verdinhas, estão demorando MUITO a crescer e estão com textura bem grossa e enrugada...

    Tem algum palpite? nao a credito que seja problema na terra. se nao a outra nao teria ficado bem.
    Será que foi algum dano durante o replantio? há alguma recomendação para salvá-la?

    ResponderExcluir
  20. Henrique:
    Depois do replantio, Vc deve aguardar pelo menos uns 30 dias, para desenvolvimento das novas raízes e folhas. A planta pode ter sido infectada por algum tipo de virose, mas pode se recuperar. Seu último recurso deve ser uma poda radical, mas vamos esperar.
    Sds,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  21. Tenho a planta desde dezembro de 2015 quando adquiri a muda e ultimamente ela vem crescendo alucinadamente. Acho que não vai mais caber no vaso que eu tenho. Enquanto ela está crescendo deste jeito devo replantá-la para outro vaso ?

    ResponderExcluir
  22. Gisele:
    Toda planta vai desenvolver uma copa proporcional ao vaso, assim como a quantidade de frutos produzidos.
    É comum encontrar a biquinho sendo comercializada, em vasos de mudas de 1,5 a 2,0 litros, já com frutos, com visual muito bonito.
    Se sua planta está sendo cultivada em vasos pequenos, até de 2,0 litros, é possível replantar para vasos maiores, desde que tome alguns cuidados:
    1. Deixar o vaso do replantio já preparado, com drenagem e uma certa quantidade de terra no fundo já levemente socada, ao iniciar o replantio;
    2. Retirar a planta do vaso menor com cuidado, isto é, com o vaso virado para baixo, bater levemente no fundo, mas outra mão apoiando a planta e a terra, para que a planta e sua terra saiam intactas;
    Obs.: Funciona bem para vasos pequenos de parede lisa e com terra, se tiver substrato, tem que ter muito cuidado. O cuidado maior é evitar danos as raízes, que provavelmente se encontrarão desenvolvidas até a borda do vaso original.
    3. Posicione a planta e a terra no vaso novo, de modo que a planta fique centralizada, preenchendo o vaso com terra até atingir o nível do vaso original, soque levemente, depois complementando com uma boa rega de água;
    4. Depois do replantio, deixe a planta uns 7 dias em local não muito ensolarado, retornando após, ao seu local de origem;
    Se sua planta está sendo cultivada em vasos maiores, tipo 5 litros, o replantio pode ser um desastre, como perder parte da terra e raízes. Se sua muda estiver num vaso com parede abaulada ou decorada (reentrância) pode dificultar o replantio.
    Antes do replantio o vaso original deve ficar 1 dia sem rega de água, porque logo após uma rega a terra pode inchar, dificultando a retirada da terra juntamente com a planta do vaso original.
    Boa sorte, torcendo que as informações tenham sido úteis.
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  23. Muito grata, Sr. Massahiro. Hoje já preparei uma terra boa e duas minhocas se voluntariaram para morar no vaso novo. Acredito que no vaso pequeno onde a pimenta está atualmente já morem algumas minhocas. Então vai ser uma festa !!! Vou deixar sem aguar de hoje para amanhã e na sexta-feira, vou replantá-la.

    ResponderExcluir
  24. Olá de novo Massahiro, desculpe incomodar.
    Dos vasinhos que plantei ( e replantei ) dois realmente não deram certo. Um deles é o que eu havia comentado que depois do replantio, a planta perdeu as folhas e as novas que nasceram, nasceram bem enrugadas, grossas e não crescem por nada, ou seja, a plantinha está estagnada. Apenas aumenta o numero de folhinhas, mas todas enrugadas, bem verdes, mas nao crescem.
    Outro vaso, do nada as folhas começaram a ficar com textura estranha e amarronzada... e tem só piorado.

    Bom, mas eles não me preocupam. O que acontece é que os outros vasos, estavam bem saudáveis (um deles começou a dar pimenta essa semana) até que ontem começaram a aparecer um pouco dos problemas desses dois que não vingaram. Agora estou preocupado... A maior delas (que está brotando) está com algumas partes dos caules superiores ficando marrons, e as folhas proximas a estes caules estão começando a ficar com textura estranha, bem similar a quando o problema daquele vaso que comentei estava no início! como se essa planta estivesse começando a ter o msm problema.
    Já outros dois vasos, estão começando a ficar com as folhas novas enrugadas demais, similar àquele outro que tbm não deu certo.

    Em resumo, parece que estou com dois problemas. O enrugamento + não crescimento e o escurecimento dos caules + folhas com tom envelhecido. Só que de imediato, so tinha duas mudinhas com problema e agora esta começando a dar nas outras.

    Coloquei algumas fotos neste link para tentar entender melhor. Se tiver alguma pista, me de uma ajuda por favor. É a primeira vez que planto algo por conta propria

    https://www.dropbox.com/sh/veiznouhlw8fs16/AAC5Nh_GU20JlIsJL7Rr6rqfa?dl=0

    ResponderExcluir
  25. Henrique:
    Observamos as fotos que disponibilizou, as ponteiras das brotações estão necrosadas e tem folha com mancha branca, na face inferior, que deve ser algum inseto sugador.
    É muito comum aparecer esse tipo de inseto (pode ser mosca branca), infestando as folhas da biquinho, ainda transmitir a virose. Para evitar a infestação, como dissemos anteriormente, semanalmente, verifique as plantas e elimine esses insetos.
    Essa virose não é muito comum nas pimentas biquinho, mas nos pimentões aparece com mais intensidade e nas pimentas Cambuci com menor frequência.
    Na pimenta Cambuci, fazendo a poda da planta próximo ao local danificado, ela tende a emitir brotações sadias nas gemas inferiores e a planta se desenvolve normalmente. Achamos que esse deve ser o procedimento para suas plantas.
    Em caso de não obter resultado satisfatório, compre novas sementes e inicie o plantio delas em copos.
    Sds,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  26. Olá. Sou Aracajuano porém moro no Maranhão. Comprei hoje um pé de Biquinho com 50 cm em vaso de 7 litros já com boa carga de pimentas. Quais os cuidados daqui para frente? Posso tê-la dentro de casa sem incidência direta de sol? Sobre a vida útil, pelo que entendi são de até 4 cargas? E depois disso, o que fazer para continuar o cultivo? Posso usar ramos da mesma planta para fazer novos pés de biquinho?

    Sds. Danyllo Pereira

    ResponderExcluir
  27. Danyllo:
    Estamos felizes de encontrar mais um aracajuano participando do nosso blog.
    Com um vaso de bom tamanho para o cultivo caseiro, em carga, agora Vc. tem que prover a planta com adubação complementar, para cada de 10 litros do recipiente da planta, acrescente de 3 em 3 meses, ½ litro de mistura de terra + adubo orgânico (50%) + 0,5 colher de sopa de NPK. O intervalo de tempo de 3 meses se refere o final de cada safra, supondo 4 colheitas por ano, mas essa adubação complementar pode ser feita mensalmente, então em torno de 200 ml, por mês, distribuída mais na borda do vaso.
    Com relação a incidência de sol na cultura, aqui cultivamos com 3 a 6 horas de raios solares diário. Visite o site http://pt.wikihow.com/Cultivar-Plantas-Usando-Luzes-Artificiais, que dá as dicas sobre cultivar plantas, sem incidência de sol.
    Quanto a prática de obter mudas de brotações, seria principalmente dirigida para quem tem dificuldades de conseguir mudas de sementes, por falta ou mesmo tendo sementes, encontra alguma dificuldade na germinação delas. Ao final da 3ª safra é bom iniciar os preparativos para renovação da cultura.
    Desejamos boas colheitas,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  28. Boa noite. Replantei hoje biquinho e manjericão. Porém esqueci de por a drenagem. Como sou leiga no assunto, qualquer pedrinha (tenho brita) e areia (de construção ) pode ser utilizada? A quantidade de furos é qual? Usei terra preta ja adubada. No transplante ja tem que irrigar?

    ResponderExcluir
  29. Quando se cultiva hortaliças em vasos ou jardineira, iniciando com o plantio de sementes ou replantio de mudas para um vasilhame maior, importante observar os seguintes aspectos:
    1. O vasilhame a ser utilizado precisa ter alguns furos no fundo, sendo que os produtos comercializados geralmente apresentam esses furos, com objetivo de drenar a água da rega e permitir a circulação de ar no vasilhame, o que evita o apodrecimento das raízes, consequentemente o definhamento da cultura;
    2. Quando se coloca uma camada de brita e areia por cima, socada de preferência, vai melhorar muito mais a drenagem e a aeração;
    3. No blog, para drenagem e aeração do vasilhame, recomendamos um pedaço de tela de nylon ou sombrite, coberta com uma camada de areia socada, evitando assim que ocorra a perda dessa areia, por ter dimensão muito menor que as dos furos do vasilhame;
    Obs.: A vantagem do procedimento do item 3 em relação ao 2 é que minimiza a instalação de formigas no fundo dos vasilhames.
    4. Com relação aos furos nos vasilhames, por exemplo um único furo pode entupir com o desenvolvimento das raízes ou partículas de finos que vão se deslocando para o fundo do vasilhame, então é melhor ter diversos furos;
    Obs.: Evite colocar o vasilhame em cima de uma superfície lisa, porque os furos poderão se entupir com os componentes finos da terra, que com o tempo se deslocam para o fundo do vasilhame.
    5. A rega com água deve ser feita logo após o replantio;
    Sds,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Bom dia! Não encontro as sementes de pimenta biquinho na minha cidade, será que se eu usar as sementes da pimenta em conserva vai acontecer a germinação?

    ResponderExcluir
  32. posso passar a minha planta de um vaso pequeno pra outro grande só acrescentando mais terra sem tirar a anterior.

    ResponderExcluir
  33. Cleide:
    Positivo, mas não esqueça de providenciar a drenagem no vaso novo. A transferência deve ser iniciada com todo material pronto, minimizando o stress da planta. Evite fazer a transferência logo após da rega do vaso antigo e não colocar muito adubo na terra que vai completar o vaso novo. A adubação complementar pode ser feita no vaso novo após cada colheita, de preferência na borda do vaso novo. Regue bem terminada a transferência.
    Boa sorte,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. agradeço seu esclarecimento, vou fazer isso depois posto sobre como ela se comportou

      Excluir
  34. Cris:
    Só observei seu 2º comentário, hoje, quando fui postar a reposta a Cleide.
    Apenas verifiquei a primeiro e estava em branco, imaginei que havia desistido do comentário ou coisa parecida.
    Quanto a plantar sementes de conserva acho difícil ocorrer germinação, depois de tanto tempo mergulhado no tempero, apenas uma super-semente poderia sobreviver.
    Se ainda não conseguiu as sementes, mande seu endereço para massahiro.seto@gmail.com, que posso providenciar algumas sementes para Vc.
    Saudações,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  35. É possível plantar sementes de uma pimenta em conserva? Ganhei uma pimenta muito saborosa e cheirosa e queria ter um pé dela mas em minha cidade nao existe esse tipo de pimenta, ela se parece com a cheiro do pará porém ela é rosa e um pouco maior não sei o nome dela.

    ResponderExcluir
  36. Cliff:
    Nunca plantei sementes de conservas, mas acredito que seja difícil conseguir germinação de uma semente mergulhada no vinagre, mas se for uma conserva recente, tente plantar várias sementes. Há muito tempo, comprei um saquinho de guaraná para chá e plantei todas as sementes, então consegui apenas uma muda.
    Não estou em condições de opinar sobre variedades de pimentas, pois só cultivei a biquinho, Cambuci e as italianas doces. Sobre as ardidas já cultivei a caiena que dá uma boa carga em vasos de 5 litros.
    Boa Sorte.

    ResponderExcluir
  37. Boa tarde
    Posso plantar as sementes tiradas diretamente da pimenta biquinho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yuri:
      Recomenda-se plantar as sementes selecionadas, mas na falta, podem ser utilizadas as sementes de frutos maduros, tanto da Biquinho como da Cambuci. As sementes podem ser retiradas dos frutos e plantadas diretamente em copinhos.
      Recentemente, por não dispor de sementes, plantamos algumas sementes da Biquinho obtidas de frutos da horta. No replantio de 3 mudas, observamos que duas se desenvolveram normalmente e estão frutificando bem, enquanto uma delas apresentou algum tipo de virose e fizemos uma poda radical, mas está em desenvolvimento.
      Também já plantamos sementes de uma pimenta Cambuci, bem produtiva, de nossa horta, com bom resultado.
      Sds,
      Massahiro.

      Excluir
    2. Yuri:
      Recomenda-se plantar as sementes selecionadas, mas na falta, podem ser utilizadas as sementes de frutos maduros, tanto da Biquinho como da Cambuci. As sementes podem ser retiradas dos frutos e plantadas diretamente em copinhos.
      Recentemente, por não dispor de sementes, plantamos algumas sementes da Biquinho obtidas de frutos da horta. No replantio de 3 mudas, observamos que duas se desenvolveram normalmente e estão frutificando bem, enquanto uma delas apresentou algum tipo de virose e fizemos uma poda radical, mas está em desenvolvimento.
      Também já plantamos sementes de uma pimenta Cambuci, bem produtiva, de nossa horta, com bom resultado.
      Sds,
      Massahiro.

      Excluir
  38. Parabéns Massahiro, por seu espírito solidário. Gostaria de plantar um caneiro da pimenta biquinho no sítio, porém, desconheço o espaçamento entre os pés. Agradeço se puderes me informar. Agradeço pela informação. Omar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blog do Omar:
      A nossa experiência está limitada em plantio de vasos ou jardineiras. As jardineiras geralmente têm 1 m de comprimento x 20 cm de largura, então plantamos 3 plantas, distanciadas aproximadamente pouco mais de 30 cm entre as plantas. Se for plantar em canteiros, no chão, as plantas deverão desenvolver melhor, então plante 60 cm entre as plantas e 60 cm entre as fileiras, mas lembrando que as plantas das fileiras são alternadas ou seja a planta da fileira vizinha vai ficar localizada entre duas plantas da fileira vizinha. Quem cultiva longe do Equador, as fileiras podem ficar transversais em relação a Leste-Oeste, para melhor insolação das plantas. Um detalhe a observar é que pode existir diferença no desenvolvimento das plantas obtidas de sementes de fontes diferentes, então as distancias entre as plantas podem ser reguladas depois do 1º plantio.
      Sds,
      Massahiro.

      Excluir
  39. Comprei um muda de pimenta biquinho, mas estou tendo dificuldades no seu desenvolvimento. As folhas estão ficando amareladas e caindo. Adorei o blog.. tem ótimas dicas inclusive nos comentários respondidos. Também sou Aracajuana, porém moro em Brasília há três anos. Parabéns pela página e sucesso!

    ResponderExcluir
  40. Muito rico em informações, estou iniciando uma plantação de pimentas biquinho,e suas informações foram valiosas para seguimento do meu projeto. !!!

    ResponderExcluir
  41. Olá Fiz uma horta em caixote relativamente grande coloquei uma muda de pimenta biquinho no início da horta e logo após com um espaço satisfatório plantei alface, posso ter algum tipo de problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por ser um caixote grande e as plantas se encontrarem separadas, acreditamos que suas colheitas serão satisfatórias. Nós geralmente cultivamos 3 pés de pimentas em uma jardineira de 20 cm x 100 cm, de área superior, por 20 cm de altura, obtendo bom resultado.
      Publicamos recentemente uma matéria sobre chicória escarola, para quem aprecia salada de verduras.
      Boa Sorte,
      Massahiro.

      Excluir
  42. Bom dia!
    Ganhei uma muda de pimenta biquinho e ela se desenvolveu muito rápido, ela produziu 4 frutos e as flores começaram a cair, além de estar muito amarelada e com purgão e umas formiguinhas pretas. O que fazer? Não quero perder minha muda. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Debora:
      Observamos que são 2 tipos de insetos mais comuns na pimenta biquinho:
      1. Pulgões que atacam as pimentas em fase de muda e se alojam na parte inferior das folhas. Para retirar esses insetos, basta passar um guardanapo ou pedaço de papel toalha, na parte infestada da folha.

      2. Cochonilhas que se alojam na base das folhas - no encontro com o tronco da planta -, na bifurcação de dois troncos ou no tronco da planta, onde existem os nós. São pontos brancos fáceis de detectar, que aparecem nas plantas só a partir da floração e frutificação. Esses insetos devem ser removidos com pincel de pintura, ponteira chata (não curvada), com cerdas de 0,5 cm de largura. Manualmente é difícil retirar esses insetos, pelos locais que alojam e muitas vezes onde nascem novas brotações

      Em ambos casos, a presença de formigas nos vasilhames de cultivo, é sinal da presença de pulgões ou cochonilhas. Se o ataque é severo, a planta definha.
      Se o cultivo é feito em vaso ou jardineira, o vasilhame pode ser deitado para que os insetos, quando manuseados, não caiam no vasilhame. Parte dos insetos podem retornar a planta por conta própria ou com auxílio das formigas, se não deitar o vasilhame.
      Semanalmente, faça a verificação e a retirada dos insetos, para acabar com a infestação.
      Massahiro.

      Excluir
  43. Bom dia, tenho algumas mudas de pimenta biquinho, mas elas não estão se desenvolvendo a alguns meses, ficaram estacionadas em tamanho pequeno, elas pegam sol diariamente, será que é pelo tamanho do vaso? Quais cuidados devo ter ao repassar elas para outro vaso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha pimenta biquinho vermelha. Esta com as folhas amarela e caindo muitas folhas está bem carregada mais estão caindo a flor junto com o gatinho que a segura não sei oq pode ser ... alguém me ajude
      Já troquei o vaso por um de 7 litros e adubei rego ela todos os dias as vezes cedo e atarde
      Mais esta caindo muita folha msm e ficando bem amarela ate as fores com o gatinho fica amarelo e cai

      Excluir
    2. Nathielle:
      As possíveis causas da estagnação das suas mudas pimentas: Infestação de sugadores ou a terra utilizada não satisfazer as necessidades nutricionais das plantas, pior se ambas estão ocorrendo ao mesmo tempo.
      A infestação de pragas sugadoras, pode iniciar desde que as plantas apresentem suas primeiras folhas definitivas. A circulação de formigas no vaso ou na planta, pode ser um indicador da presença de sugadores: Os pulgões, parece mesmo uma pulga (Ver “Cultivo da Komatsuna”), costumam formar colônias debaixo das folhas ou a mosca branca, algumas manchas brancas pequenas parecendo algodão, também se instalam debaixo das folhas.
      Na fase inicial das plantas, essas pragas podem ser eliminadas esfregando levemente um pedaço de guardanapo umedecido, na parte infestada. A operação deve ser repetida, semanalmente, pois alguns pulgões caem no vaso e retornam.
      Notamos muitas vezes que terra de barranco são utilizadas para comercializar algumas mudas, então trata-se de um ambiente temporário, com pouca quantidade de nutrientes, principalmente de material orgânico, mantendo as mudas estagnadas, o que é interessante para comercialização. As terras de barranco mais comuns são as terras argilo-arenoso de cor vermelha (Ver “Cultivo do Alecrim”) ou cinza, no seu caso para o cultivo das pimentas, misture 50% de adubo orgânico a essa terra.
      É possível cultivar pimenta biquinho a partir de vasos com 2 litros de volume, mais como planta decorativa. A partir de 5 litros, a produção começa a ficar mais farta. Cultive apenas uma planta em cada vaso.
      Para replantar as mudas já formadas, de um vaso para outro, a muda deve ser acompanhada por um torrão de terra, na forma de uma pirâmide invertida, feito com auxílio de uma faca com ponta fina ou canivete (Ver “Cultivo do Alecrim”).
      Mais dúvidas, conte com a gente.
      Massahiro.

      Excluir
    3. Jessica:
      Quando inicia a floração e a frutificação da pimenta é comum o ataque de um inseto sugador especializado em aparecer nessa fase, veja nossa resposta a Débora Cristian, item 2.
      Massahiro.

      Excluir
    4. Obrigado pela dica
      E é vdd minha pimenta da cheia de formiga no caule central indo direto pra raiz
      Obg msm vou verificar hj msm

      Excluir
  44. Boa tarde! Minha pimenteira tem alguns meses, tá bem folhosa e com uns 45 cm. Ela vive oscilando entre nascimento de novas folhas e brotos/floração e quando chega esse ponto os brotos/flores secam ou murcham e caem. Assim tb ocorre com as folhas que muitas vezes cai verde. Reduzo a rega mantendo a terra úmida e as bordas da folhas amarelam e continuam caindo. O que pode ser? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nena:
      Para sua planta atingir 45 cm e se apresentar bem folhosa, o problema não deve ser praga, questão já levantada anteriormente por alguns leitores do Cultivo Zen.
      Sua planta pode ter problema de drenagem e aeração. A falta de rega logo se percebe pelo murchamento das folhas, enquanto o excesso de rega se tiver uma boa drenagem só vai desperdiçar a água e nutrientes do vaso. Se o excesso de água não é drenado, devido entupimento dos furos do fundo do vaso ou se mantiver um prato embaixo do vaso, encharcado com água, as raízes irão apodrecer por falta de aeração, podendo ocorrer o que descreveu sobre sua pimenta.
      Se Vc tiver um vaso com a parte inferior lisa e coloca diretamente esse vaso sobre uma superfície lisa, mesmo providenciando uma boa drenagem, os componentes mais finos da areia e da argila, principalmente, irão se depositar nos furos e obstruir a drenagem da água e consequentemente prejudicar a aeração das raízes.
      Para prevenção, um par de “hashi” ou palito de churrasco, deitado em forma de “V” embaixo do vaso resolve o problema. Se a entupimento já ocorreu, uma faca pequena de ponta pode ser utilizada para remover a argila fina que depositou nos furos do vaso e não deixar novamente o vaso diretamente em contato com uma superfície lisa.
      Bom cultivo,
      Massahiro.

      Excluir
  45. Massahiro, as minhas pimenteiras estão meio fracas... com crescimento parado, folhas com clorose e caindo.
    Notei a presença de vários insetos desses:

    -> segue as fotos: https://www.dropbox.com/sh/pzyxied12ynxyuo/AAB2nH_4dFC1QVNwbbf1mTEIa?dl=0

    Você sabe o que são? lembra um pouco o pulgão, mas pelas fotos que vi na internet é diferente. Os pulgões tem o corpo + arredondado. Esses são mais compridos. Será que eles que podem estar enfraquecendo a planta?

    Estou aplicando NEEM, deu uma melhorar, mas ainda não resolveu. Devo continuar / intensificar? Tentei calda de fumo, mas deu menos resultado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique:
      A gente nunca verificou a presença desse inseto aqui no Cultivo Zen, ele parece muito com um inseto comum nas pinhas e graviolas, mas de cor branca e preta.
      Pela aparência da sua planta, pode ser que ela tenha adquirido alguma virose trazida no ataque dessa praga.
      Melhor solução seria proteger suas plantas cobrindo, plantas e vasos, com pedaço de tela de nylon, desde o início da cultura.
      Na situação atual, uma tentativa para recuperar a sua planta seria melhor dar uma poda drástica, deixando 3 a 4 galhos, com 3 a 4 nós, de preferência se tiver aparecendo alguma brotação. Coloque em torno de 150 ml de adubo orgânico espalhado na borda do vaso, pela foto deve ter uns 3,5 litros de volume.
      Bom cultivo.
      Massahiro.

      Excluir
  46. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  47. Massahiro, parabéns pelo seu blogue e sua atenção aos participantes. Plantei umas sementes de biquinho amarela em meu apartamento em um lugar que pegava pouco sol e a planta não se desenvolvia (perdia folhas e não crescia), agora está na janela e pega cerca de 5 horas do fim da tarde e começou a se desenvolver. Ficou florida e agora começou a desenvolver os frutos mas ainda está bem lenta e folhas bem pequenas. Tem alguma recomendação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz:

      Pelas informações seu cultivo estava indo bem, mas como seu espaço pode ser limitado – apartamento -, então é possível que seu vaso seja pequeno.
      Em vasos pequenos, até 5 litros de volume, deixar apenas uma planta em cada vasilhame.
      A pimenta biquinho, como outras plantas da família solanaceae, produzem melhor em ambiente rico de matéria orgânica.
      Após cada safra, nos vasos pequenos, complemente com 100 ml de adubo orgânico, para cada volume de 2 litros de terra, por cobertura na borda do vasilhame.
      Bom cultivo,
      Massahiro.

      Excluir
  48. Eu faço aplicação do inseticida Decis, da Bayer. Custa 15 reais e rende 500 litros. É inseticida? é. Mas o período de carência é baixo, em 3 dias ou primeira chuva já sai o resíduo dos frutos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago:
      Infelizmente não temos condições de atender seu questionamento, pois a nossa horticultura é caseira, onde as pragas são controladas manualmente, retiradas com auxílio de pincel ou aplicados produtos recomendados para a agricultura orgânica.
      Massahiro.

      Excluir
  49. Olá tudo bem?
    Tenho uma dúvida sobre a pimenta biquinho.
    Depois da primeira coleta total, o pezinho volta a dar pimentas ou só produz uma única vez?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sonia:
      A pimenta biquinho, quando cultivada em vaso ou jardineira, chega a produzir 4 safras em um período de 1 ano, a partir daí as plantas ficam fragilizadas. A partir do 9º mês da cultura atual (replantio), comece a plantar novas sementes, para renovação da cultura.
      Boa sorte,
      Massahiro.

      Excluir
  50. A minha pimenteira biquinha está com as folhas bonitas e ótima floração, no entanto, não produz frutos, sendo que as flores caem em demasia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jairo:
      Aqui em nossa horta nunca ocorreu de florescer a pimenteira e de não produzir frutos. Como as flores das pimentas são autopolinzadas, mas também pode ocorrer polinização cruzada, uma hipótese é que sua planta pode ter origem de uma semente de polinização cruzada indesejável, resultando em planta estéril. Nesse caso, a solução é Vc cultivar outra planta.
      Outra hipótese é que o cultivo da planta seja realizado num apartamento, com polinização prejudicada por falta de abelhas ou circulação de ar, nesse caso consulte o site: www.saberesdojardim.com/polinizacao-pimentas/
      Boa Sorte.
      Massahiro.

      Excluir
  51. As folhas dá minha pimenta biquinho caíram ficaram algumas pimentas mas estão feias. O que devo fazer?
    ivetesalomao61@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivete:
      Pelas poucas informações da sua planta, parece que estava bem sadia, pois estava com frutos, e de repente as folhas caíram, permanecendo apenas os frutos (significa a preservação das espécies).
      Essa situação pode ser comum quando se compra uma planta já desenvolvida em substratos, mas cultivada em estufa climatizada (controle de unidade, luminosidade e temperatura), depois a planta encontra um ambiente totalmente diferente.
      O stress da planta pode ser devido à falta ou excesso de insolação, também falta de rega ou excesso, sendo que o excesso muitas vezes ocorre porque se coloca um prato com água no fundo do vaso, preocupado em manter o vaso umedecido, ocasionando o apodrecimento das raízes e também prejudicando a aeração da terra ou substrato.
      Se a estória da sua pimenta for outra, estaremos a sua disposição, para comentar do que estiver ao nosso alcance.
      Boa sorte,
      Massahiro.

      Excluir
  52. Bom dia Massahiro,

    Primeiramente parabéns pelo blog. Fiz uma horta suspensa em um palet que está na varando do meu apartamento, e plantei algumas hortaliças,entre elas pimenta biquinho, o pé cresceu bem e ficou bem cheio de folhas, e chegou a florescer, mas de repente as folhas começaram a ficar amareladas e cair. cairam todas. quando plantei, desde semente, ficaram duas mudas, uma passei para u jarro e a outra deixei no palete, ambas cresceram bem e posteriormente aconteceu o que disse a cima, também tinha um pé de pimentão que aconteceu o mesmo. não vinha colocando humus, o que pode ter acontecido? ainda tem jeito dela nascer novas folhas? comecei a fazer a cobertura de humus de minhoca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos tentar resolver seu problema:
      1. Se as plantas apresentam galhos verdes, ainda é possível recuperá-las;

      2. Plantas desenvolveram sadias, de repente começa a amarelar as folhas e caírem, pode ser indicação das situações que abaixo listamos:
      2.1.1 Falta de água, fácil corrigir regando com água com frequência maior.
      Quando cultivamos em vasilhames que a terra tem mais de 20 cm de profundidade, pelo menos uma vez por semana, regar com água até observar a saída das primeiras gotas de água pela drenagem;
      2.1.2 Excesso de água, causada pela drenagem insuficiente dos vasilhames.
      Experimente colocar água no vasilhame para ver se ela está escorrendo bem pelos furos de drenagem. Se a água subir acima do nível da terra e sair muito pouca água pelos fundos pode ser que a água esteja acumulando no fundo do vasilhame, de uma rega para outra, ocasionando o apodrecimento das raízes.
      Nesse caso, retire a planta juntamente com a terra, corrija a drenagem adicionando areia grossa no fundo do vaso, ou mude a planta com a terra para vasilhame maior, com novo material de drenagem;
      2.1.3 Ataque de sugadores, a partir do momento que as pimentas começam a florir e desenvolver frutos, o parece ser mais raro para quem cultiva em apartamentos, mas são pontos brancos que aparecem na junção folhas e galho ou na junção entre galhos.
      Podem ser retirados com auxílio de um pincel de cerda média, utilizado para pintura, ou aplicar calda de fumo, semanalmente até que a praga desapareça. É comum observar a presença de formigas nas plantas e em torno do vasilhame.

      3. Quanto a adubação complementar, faça após cada ciclo de colheita;

      Boa Sorte,
      Massahiro.

      Excluir
  53. Ola Massahiro, comprei uma muda que tem dois palmos de altura e já comprei com varias pimentas biquinho nascidas. Porém, ouvi dizer que a primeira safra não é boa para consumo devido aos agrotoxicos, vou ter que joga-las no lixo e esperar outra safra? Outra duvida, dessas pimentinhas que nasceram eu colho todas independente do tamanho (se está grande ou pequena), da cor (vermelha, laranjada, verde)? Como limpo para usá-las em conserva?

    obrigada pela atenção,

    Sofia Medeiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sofia:

      A pimenta Biquinho e a Cambuci são bem resistentes a virose, para esse tipo de praga são aplicados defensivos sistêmicos – atuam na seiva da planta – e existe carência de tempo para consumir a colheita. O que a gente observa mais é o ataque de sugadores, que podem ser retirados manualmente ou utilizando calda de fumo.
      Muitas plantas comercializadas são cultivadas em estufas, o que diminui a chance de ataque dos sugadores. Acreditamos que Vc pode consumir sua primeira colheita de pimenta, desde que lavado bem com água corrente.
      Quanto a maneira de colher, das variedades mais comuns que são as vermelha e amarela, quanto os frutos mudam de cor do verde para essas cores estão prontas para colheita. Se demorar muito tempo a colher depois da mudança de cor, talvez passado um mês, os frutos podem apresentar rachaduras – principalmente as amarelas – e as sementes ficam muito duras.
      Para fazer conservas é melhor colher todos os frutos de uma vez – quando a maior parte dos frutos tiver mudado de cor do verde para vermelho ou amarelo -, inclusive os frutos de coloração ainda verde e aqueles poucos frutos pequeno em formação, para que na próxima safra tenha a colheita mais homogênea.
      Então a biquinho, num período em torno de 1 ano, dá pelo menos 4 boas safras, mas a primeira pode produzir menos frutos.
      Quanto ao preparo da pimenta para conserva, retire o cabinho do fruto, pois a gente colhe a pimenta com o cabinho, lave em agua corrente, enxugue as pimentas com papel tolha ou toalha limpa, que está pronta para fazer a conserva. Como se trata de produção caseira, Vc pode dar um pequeno talho com uma faca no local onde foi retirado o cabinho, para penetrar um pouco do tempero. As sementes não precisam ser retiradas, pois sendo colhidas em tempo certo, elas ainda estarão macias.
      Boa sorte,
      Massahiro.

      Excluir
  54. Oi Sr Massahiro

    Muito legal o blog !
    Tenho umas duvidas sobre a biquinho mas não consegui postar.

    Me chamo Leo e moro na França, gostaria de plantar a biquinho aqui (com sementes compradas em pacote no Br), o clima é parecido com o de Curitiba (tem mais chuva do que sol, no inverno desce à -5°C)... Tenho todo tipo de tamanho de vaso, e em lojas agricolas tem bastante opção pro tipo de terra e pra adubo organico (a jardinagem é o passatempo preferido dos franceses !).
    Penso em cultiva-las numa estufa profissional.

    Vc acha que a biquinho vai dar certo nessas condições ? Alguns cuidados especiais neste "ambiente" bem especifico ?

    Obrigado pelas dicas,
    Leo

    PS : Tb quero tentar a dedo de moça e malagueta.

    Leo:
    Já morei 10 anos em Curitiba e imagino como é seu clima aí na França, como Vc. descreveu muito parecido.
    Nosso cultivo da pimenta biquinho tem sido em vasos e jardineiras. O que se observa recentemente, nos cultivos em estufa, também estão cultivando em vasilhames para desenvolvimentos das raízes, sendo a cultura mantida, provavelmente, com fertiirrigação.
    Essas culturas em estufas tendem a aproveitar a estrutura, para o cultivo de hortaliças de variedades com crescimento indeterminado (na vertical), como o tomate, pimentões, pepinos, etc, e que produzem frutos sem interrupção.
    Diferente das culturas praticadas em estudas, A pimenta biquinho tende a formar copa (ocupa mais espaço) e produz em torno de 4 safras por ano, parece com a regularidade do café que produz 1 safra por ano.
    Outro fator importante é a insolação, a pimenta biquinho se desenvolve bem com o sol pleno, mas na estufa pode ser compensada com iluminação artificial.
    Como já publicamos a pimenta biquinho é bastante resistente, em comparação com outras solanaceae, mas na fase inicial as mudas estão sujeitas a pulgões e na fase de floração e frutificação o ataque de sugadores que se instalam na base dos talos das folhas, que prejudicam a emissão de novos brotos, onde serão emitidas novas flores e frutos. Mas em estufas ou ao seu clima temperado deve estar menos propenso a essas pragas.
    Complementando, Vc. pode fazer um cultivo em pequena escala, atentando para um ano de produção, depois expandir sua cultura para comercial, se considerar economicamente viável.
    Sobre seu interesse em cultivar as pimentas dedo de moça e malagueta, lembrar que a pimenta biquinho tem as variedades doce e ardida. Não temos essa experiência, mas já li em algum lugar que plantar juntas as pimentas doce e ardida, devido a polinização cruzada, a variedade doce pode resultar em frutos ardidos.
    A pimenta biquinho e a cúrcuma (açafrão da terra) são as postagens mais acessadas no nosso blog, portanto comercialmente devem ser interessantes.
    Boa sorte,
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  55. Oi Sr. Massahiro
    Eu vi a resposta, é bastante clara.
    Conheço as lampadas, vou me informar.
    Obrigado pelas dicas, darei noticias do resultado !

    PS : Pensamos em plantar somentes biquinhos « doces », nas cores vermelha e amarela, então não ha risco de contaminacão (da ardida). A não ser que vc esteja falando de uma contaminação vinda da Dedo de Moça ou Malagueta, é possivel isso ?


    ________________________________________

    Leo:
    Já cheguei cultivar pimentões e a pimenta Cayena (ardida), ao mesmo tempo, e notei que ocorria em algumas colheitas de pimentão ardido (que são doces). Pesquisando a publicação Manual de Olericultura, Volume 2, pag. 302, Edição de 1981, de Fernando Antonio Reis Figueira, “O fruto nunca apresenta sabor picante – a não ser quando ocorrem cruzamentos indesejáveis, com outras espécies do mesmo gênero....”, se referindo ao pimentão, então não cultivamos mais as Cayena, por sinal elas ficam muito vistosas em vasos.
    Na década de 80, aqui no Brasil, a gente encontrava talvez meia dúzia de publicações nas livrarias, sobre horticultura, mas hoje encontramos milhares ou milhões, na internet sobre as pimentas, quem sabe em alguma delas seja referente ao cruzamento das pimentas.
    Massahiro.

    ResponderExcluir
  56. Boa tarde, comprei um pé de pimenta biquinho já com frutos e após colher os frutos, não deu mais nada!! Isso já tem mais de 1 mês. Isso é normal? Como devo fazer para q de frutos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A pimenta biquinho, cultivadas em vasos ou jardineira, produz pelo menos 4 safras. Então a partir da 1ª colheita as próximas colheitas poderão ocorrer em intervalos de 2 a 3 meses.
      Após a cada colheita, faça adubação complementar (por cobertura), para fortalecer a planta. Ramos que não produziram frutos na safra e novos ramos emitirão flores e frutos para nova colheita.
      Boa Sorte,
      Massahiro.

      Excluir
  57. Bom dia, plantei a pimenta biquinho em um vaso ha quase 1 ano.....não cresceu muito e não deu frutos. Replantei, passei para outro vaso, as folhas caíram, depois renasceu.....ela continua crescendo para cima, mas ainda n deu frutos. O que pode ter acontecido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A pimenta biquinho, em condições normais (Terra adubada, boa drenagem, rega de água regular e sol) tende a dar frutos em ponto de colheita após 70 a 90 dias do replantio da muda. Muitas vezes a planta não frutifica por falta de sol, apesar da planta se desenvolver. Bom seria que sua planta ficasse exposta ao sol, pelo menos 3 horas por dia.
      O tamanho da planta vai depender do volume do vasilhame onde é cultivada. Por exemplo, em vasos 7,5 litros em torno de 50 cm de altura; 18 litros em torno de 150 cm de altura;
      Ocorreu perda de folhas no seu 2º replantio, provavelmente devido à falta de equilíbrio folhas x raízes, seria que parte das raízes foram danificadas, perdidas ou ocorreu falta de umidade no solo, por isso se recomenda deixar a planta protegida do sol, logo após o replantio, por alguns dias.
      As flores e depois os frutos irão nascer dos ramos novos, então aguarde o desenvolvimento desses ramos novos, na sua planta.
      Sds,
      Massahiro.

      Excluir
  58. Olá, gostaria de saber qual a taxa produção planta/kg/tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo:
      Seu questionamento é difícil responder, porque a produção da biquinho vai depender do desenvolvimento da planta, que vai depender do volume em que planta é cultivada.
      Em nossa horta, apenas registramos o peso de uma colheita, por ser excepcional, de uma única planta cultivada num vasilhame (jardineira), consorciada com rúculas, com 30 litros de terra, possivelmente equivalente como se fosse um cultivo no chão, que rendeu 900 g, em uma colheita. A planta tinha em torno de 80 cm de altura, quando começou a produção. Se considerar que a biquinho produz pelo menos 4 safras boas, num período aproximado de 1 ano ou pouco mais, o rendimento seria em torno de 3,6 kg por planta.
      O que temos notado ultimamente, é que 3 plantas começaram a produzir com altura menor, em torno de 50 cm, com mesmo volume de terra anterior do item anterior, rendendo em torno de 500 ml (vidro de conserva), em cada safra.
      A dúvida nossa é que possa existir, dentro da própria variedade biquinho, plantas quem têm desenvolvimento diferenciado, e que para comprovar, só plantando sementes de origem diversa.
      Um caminho é Vc propagar as plantas, mais produtivas, é através das brotações, como apresentamos no blog, pois a replicação das sementes, ninguém pode garantir o resultado.
      Sds,
      Massahiro.

      Excluir
  59. Tudo bem? Gostaria de saber como devo fazer a poda em vaso, de que forma e em qual estágio?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na planta de Pimenta Biquinho, no cultivo em vaso, podemos efetuar 2 tipos de poda, uma de condução e outra de limpeza (manutenção).
      A poda de condução, pode ser feita depois de 1 mês do replantio da muda, quando a planta atinge em torno de 20 cm de altura. Pode ser eliminada parte da ponteira, deixando apenas 5 a 6 gemas, na parte inferior do tronco, de onde surgirão novos ramos. Trata-se de uma maneira de deixar a planta desenvolver uma copa próxima da superfície do vaso. É o que ocorre naturalmente, quando se planta muda feita com brotações.
      A poda de limpeza é feita nos ramos secundários em diante, quando esses ramos estiverem fragilizados, resultando produção rala de brotações novas, de onde irão produzir novas flores e frutos. Esse tipo de poda pode ocorrer no já início do desenvolvimento da planta, quando a ponteira é atacada por alguma praga e fica necrosada.
      Massahiro.

      Excluir
  60. Bom dia, Massahiro. Gostei muito do blog e também de sua disponibilidade em responder todos os comentários.
    Poderia, por favor, me ajudar em uma dúvida. Plantei uma muda de pimenta biquinho, comprei com uns 40 cm de altura. Replantei em um vaso maior, porém que já tinha salsinha plantado. No primeiro e segundo dia após o plantio ela estava muito bonita, porém hoje amanheceu com as folhas levemente murchas. Seria excesso de água? No segundo dia choveu no período da manhã e não molhei mais, moro em SP e o clima está mais ameno. Quais as recomendações para cuidar dessa planta? O que poderia estar faltando: adubo, água, ou outra coisa?
    Obrigada,
    Letícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leticia:
      Pela sua narrativa, com pequeno período de replantio, a planta apresentar folhas tendendo a murchar, pode ser falta de água. Apesar do clima ameno de SP, sua região pode ter baixa umidade de ar, razão da sua planta sentir a mudança.
      Quando se efetua um replantio, como no seu caso, ideal que seja feito num vaso “novo” ou seja volume maior que o vasilhame original; drenagem nova (tela+areia socada); acima da drenagem terra nova, por exemplo a cada litro de capacidade do vasilhame, 1 cm de terra socada; depois da planta + terra original acomodadas no vaso novo, complementar as bordas com terra nova e socar.
      Não desprezando a hipótese do excesso de água, que seria por falta de drenagem e aeração do vasilhame, as raízes tendem a apodrecer e as folhas murchar e cair. Esse problema pode ocorrer quando colocamos o vaso numa superfície lisa e, com o tempo, partículas finas de argila vão descendo para o fundo, acabando de entupir os furos de drenagem.
      Um teste que pode ser feito, para testar a drenagem, é regando água no vaso com 30 % do volume do vaso. Se a água escorrer bem pelo fundo, a drenagem está boa, mas se a saída da água é muito lenta, pode ocorrer que parte da água fique acumulada no vaso, ocasionando apodrecimento das raízes, por falta de circulação do ar.
      Esse problema pode ser corrigido, efetuando jatos de água, nos furos de drenagem, para retirar as partículas finas que estão entupindo os furos, depois repita o teste com rega de água, conforme item anterior.
      Evite colocar vaso com fundo liso em cima de superfície (piso) liso.
      Boa sorte,
      Massahiro.

      Excluir
  61. Senhor Massahiro, tenho um pé de biquinho em vaso de 40 cm. Ela deu uma boa primeira carga de frutos, mas agora, apesar de ainda florida os frutos demoram a crescer, há alguma adubação especial para estimular essa segunda carga?

    ResponderExcluir
  62. Olá, Estou com algumas mudas de pimenta biquinho, ela estão crescendo normal, mas o caule começou a escurecer, ficou roxo. O que seria?
    Muito sol? Pouca água? Ou é algo normal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabio:
      Já constatamos o mesmo aqui na nossa horta. As plantas irão se desenvolver normalmente.
      A variação de cor nas plantas pode estar ligado ao clima, principalmente a insolação, pois deve ser algum sistema de defesa que as plantas ativam.
      Sds,
      Massahiro.

      Excluir
  63. Bom dia! Estou plantando pimenta biquinho em vasos há 1 ano , porém estão em torno de 80cm de altura mas não possuem frutos. Agora está com uma formação de galhos cheios de carrapichos. O que são? São as sementes
    ? O que estou fazendo de errado? Gratidão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Envie uma foto da sua planta.
      Para massahiro.seto@gmail.com

      Excluir
  64. Que bom achar esse blog, pois ando apaixonada pela pimenta biquinho!
    Através dos comentários tirei algumas dúvidas, e também estou em Aracaju.
    Parabéns a toda equipe
    Sds,
    Ellen Rocha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ellen:
      Estamos a sua disposição.
      Obrigado.
      Massahiro.

      Excluir
  65. Sr. Massahiro, boa tarde! Moro em Salvador, Bahia. Tenho um pé de pimenta biquinho há quase um ano ele sempre frutificou bem. Porém há cerca de uns dois meses atrás umas folhas começaram a cair e depois pararam imaginei que eu tinha adubado em excesso, mas ficou tudo bem. Agora as pimentas nascem, crescem e começam a apresentar umas manchas esbranquiçadas e ressecadas que vão aumentando e o fruto fica murcho, alguns poucos até caem. Já usei óleo de neem, mas não resolveu. Qual a sugestão do senhor, poderia ajudar? Estou enviando e-mail com fotos. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jo:
      Aqui em casa nunca constatamos esse tipo de praga no fruto, sendo mais comum os pulgões nas folhas e outro tipo de sugador branco que se instala entre as ramificações dos ramos.
      Vamos ver se Vc. consegue voltar a produção normal dos frutos, pois a sua planta se aparenta sadia.
      1. Observar se os frutos danificados não estão voltados ao sol muito forte, se for o caso, coloque um pedaço de sombrite entre a planta e a janela;
      2. Pode ser deficiência de algum nutriente, por exemplo o calcário ajuda a planta absorver alguns tipos de nutrientes. Se nunca utilizou calcário em pó, recomendamos aquele de ostra moída, espalhe 1 colher de sopa de calcário em pó (Vendidos em pacotes de 1 kg) na superfície de sua jardineira. Apenas 1 vez basta.
      Outra medida complementar pode ser utilização do adubo líquido com micronutrientes (Vendidos em vasilhames plásticos de 150 ml), aplicando 1 vez ao mês, misturado com água, seguindo a recomendação do fabricante.
      Mas não misture o calcário junto com esses adubos líquidos. Aplique um e, depois de certo tempo (1 mês), o outro.
      3. Se não resolver o problema, pode ser alguma virose, então faça uma poda a partir de 15 cm do solo. No seu caso, como são 3 ramos principais, então faça o corte a partir do ponto onde ocorre a difusão desses ramos. Os 3 ramos emitirão várias brotações, mas deixe apenas a mais sadia, eliminando as demais;
      Na nossa horta, ocorreu uma infestação de sugadores brancos, com 6 meses do replantio, então fizemos uma poda no tronco principal, a partir de 10 a 15 cm do solo, posteriormente deixando apenas 3 ramos em cada planta. Passados 2 meses da poda as plantas já apresentam frutos bonitos, já chegando a maturação.
      4. Finalizando, descarte todos frutos contaminados e elimine as folhas velhas que caem dentro da jardineira;
      Se nada der certo, quando for retirar as plantas, observe as suas raízes. No caso de constatar que as raízes estão empipocadas ou algum tipo de pó branco nas raízes, pode ser nematoide.
      Para combater nematoides, adicione 200 ml de folhas secas da planta chamada crotalária, em cada 10 litros de terra (Será matéria de postagem futura) ou deixe desenvolver alguma crotalária consorciada com a pimenta;
      A terra do vasilhame pode ser reciclada, mas utilize terra nova no próximo cultivo. Essa terra da pimenta pode ser reutilizada em outra hortaliça que não seja da família da Solanaceae.
      Boa Sorte,
      Massahiro.

      Excluir
    2. Sr. Massahiro, boa noite! Muitíssimo obrigada pela sua atenção. A respeito do sol ele só tem incidência forte na pimenteira em um ângulo relativamente pequeno, mas vou usar o sombrite de 50%. O calcário realmente nunca usei, então vou começar por ele e ficar observando a reação da planta, se não funcionar vou para o adubo líquido e assim por diante. Vou seguir suas orientações à risca e, se assim o senhor me permitir, vou lhe informando a respeito, apenas pode demorar um pouco tendo em vista o tempo de reação da planta. Muito Grata.

      Excluir
  66. Massahiro, voce saberia me dizer se há alguma relação entre a resistencia das plantas às pragas com relação à sua nutrição? É por que em casa sempre tenho muito problemas com larvas minadoras, cochonilhas, pulgões, ácaros, mosca branca e tripes. As plantas estão constantemente sendo atacadas... combato com neem, enxofre e calda de fumo, mas o resultado dura muito pouco. Poucos dias depois as plantas estão com alguma praga novamente. Não dá trégua. Há algo que eu possa fazer? Talvez esteja faltando algum nutriente o que faz com que as plantas fiquem mais vulneráveis?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, são todas plantas de vasos e jardineiras. Meu quintal infelizmente não tem terreiro... pior ainda é quando dá mais de uma praga ao mesmo tempo... aí acabo tendo que sobrecarregar a planta misturando produtos diferentes.

      Excluir
    2. Ah, e formigas nos vasos são frequentes... será que elas trazem essas pragas?

      Excluir
    3. Henrique:
      A planta bem nutrida vai produzir melhor que outra com deficiência de algum nutriente, mas nada impede que os insetos ataquem ambas as plantas.
      O nosso clima quente favorece muito o desenvolvimento de pragas. Como Vc. já usamos muitos produtos naturais para combate-las, mas atualmente estamos tentando minimizar os ataque das pragas das seguintes formas, considerando que a quantidade de planta cultivada é reduzida, na pimenta biquinho:
      1. Na fase de muda, é comum a presença de pulgões, mas nesse caso passe um guardanapo ou outro papal macio na parte inferior da folhas e nas ponteiras macere esses insetos, mas de modo não ferir a parte das plantas;
      O pulgão que cai no solo do vasilhame, tende a subir novamente na planta;
      2. Principalmente na fase de início de floração, tem um sugador branco, parecendo uma cabeça de alfinete, que se instala nas bifurcação dos galhos, onde nascem as folhas e flores. No caso das flores elas chegam a abortar.
      Para retirar esses insetos utilize uma pinça curvada com ponta fina, para facilitar o acesso onde não se possa retirar os insetos com os dedos;
      3. Pelo menos semanalmente, se recomenda que retire os sugadores, pois se a infestação aumentar muito praticamente se perde a planta;
      4. Outra solução para minimizar ataque de insetos, em horta caseira, é proteger as plantas com tela de nylon ou de tecido, com malha reduzida.

      Quanto as formigas que mantem uma relação simbiótica com os sugadores, pois aproveitam o açúcar que excretam, em compensação protegem os sugadores dos predadores naturais, como a joaninha e até do pássaro chamado cambucica.
      Para o agricultor, a formiga serve de sinalizador, pois quando elas frequentam as plantas, provavelmente tem sugador nessas plantas.
      Boa sorte,
      Massahiro.

      Excluir